• in , ,

    Como atingir milhares de pessoas no Youtube? [Descubra]

    Como Bombar YouTube

    Criar um canal no Youtube é uma das Armas Mais Poderosas em sua Estratégia de Marketing

    Atualmente, o Youtube é uma das melhores ferramentas para que o seu negócio se torne um sucesso. Quem ainda não aderiu a um canal do Youtube para divulgar sua empresa, produto ou serviço, gerando visibilidade para sua imagem e principalmente transmitindo informações relevantes no mercado em que atua. Mas, será que existe alguma fórmula capaz de atingir milhares de pessoas no youtube.

    O Youtube e seus benefícios

    Ainda não existe completamente uma fórmula mágica ou alguma ciência exata que faça com que o número de inscritos de um canal possa aumentar e gerar milhares de visualizações. Mas, com boas estratégias de marketing, esse aumento poderá ocorrer com uma velocidade maior.

    Hoje o Youtube está entre as 5 principais mídias sociais e uma das mais utilizadas no marketing, ou seja, essa plataforma de vídeos ajuda a impulsionar o seu negócio. Porém, para que isso se concretize, é preciso atrair e reter uma boa audiência, que seja significativa. Você sabe como atingir milhares de pessoas no Youtube?

    Ideias práticas para atingir o público no youtube

    1 – Atenção total aos comentários

    A primeira avaliação de como atingir milhares de pessoas no youtube está justamente no número de visualizações, porém esse pode não ser exatamente um fator importante, ainda mais quando se está começando.

    Geralmente, aqueles que possuem um canal no Youtube gostam de ter os comentários respondidos, afinal, nenhuma pessoa comenta apenas por comentar. Por mais que seja algo simples, um elogio por exemplo, um agradecimento já será ótimo e ajudará o canal a crescer.

    2 – Seja você mesmo

    Para conseguir obter sucesso, o ideal é modelar alguém que já o atingiu antes. A PNL (Programação Neuro Linguística) já realizou diversos estudos referentes a isto. Porém, modelar não significa abrir mão da personalidade que já existe para copiar outras pessoas. A SUA personalidade que devem sempre ser mantida e estar evidente nos vídeos. E o mesmo se aplica às demais redes sociais.

     3 – Postar vídeos uma vez por semana

    O número de pessoas que deseja fazer sucesso no Youtube é grande, porém muitos cometem um erro: não ter constância na gravação e divulgação de vídeos. Alguns ficam sem subir vídeos por mais de um mês.

    O Youtube costuma prestigiar aqueles que levam o seu canal a sério, e ajuda na posição dos vídeos e divulgação, recomendando e mandando notificações para o público. Quanto mais vídeos forem postados, mais engajados você se tornará com o seu público.

    4 – Criar uma pauta de conteúdo

    Uma pauta de conteúdo é bastante importante para futuras postagens em blog, por exemplo. A mesma coisa deve ser feita no Youtube, e uma dica bem bacana é criar uma pauta com 50 títulos para produzir vídeos, uma vez que você terá conteúdo até um ano pelo menos.

    Para fazer essa pauta, basta realizar pesquisas no planejador de palavras-chave do Google, Google trends e pesquisas com sua audiência.  Caso você já tenha uma lista e-mail, basta enviá-la perguntando o assunto que gostariam de saber.

    5 – Estabeleça metas

    As metas possuem um poder extraordinário de levar a todos a alcançá-las. É importante que você coloque o seu canal como parte essencial dos seus negócios.

    Por mais que você ainda não atinja todas as metas, uma simples evolução que acontecer já pode ser bastante comemorada e não se deve ficar conferindo a todo momento como anda a evolução de metas, isso pode ser feito a cada quinze dias ou mensalmente.

    6 – Gostar de fazer os vídeos

    Se você não curte tanto a realizações de vídeos, isso deve ser repensado, e a sua forma de pensar precisa mudar. Você deve buscar produzir os vídeos com temas mais próximos do que gosta, ou então as pessoas perceberão eu seus vídeos parecem forçados. Quando se gosta do que se faz, as coisas fluem com mais naturalidade.

    7 – Aprender sempre mais

    É sempre bom adotar uma postura de melhoria em todo o negócio online, algo contínuo, e aprender cada vez mais para que se torne um dos melhores do Youtube em termos de conteúdo. Busque sempre as melhores técnicas para edição de vídeo, tom de voz, entre outros.

    Principais estratégias para o sucesso

    Todos os dias as pessoas assistem centenas de milhões de horas gerando bilhões de visualizações. E você, sabe mesmo qual a plataforma para ALAVANCAR seu negócio?

    1. A primeira estratégia PRIMORDIAL é o Título, pois é um dos pontos mais importantes do seu vídeo. É ele que vai informar aos motores de busca qual o conteúdo abordado. Precisa ser um título que pessoas vão realmente buscar. Lembre-se SEMPRE: As pessoas procuram soluções na internet!
    2. Inclua uma descrição para informar aos usuários o conteúdo do vídeo.
    3. Faça o uso de Tags.
    4. USAR as TAGS são fundamentais para quem está buscando um assunto no Youtube definir o seu vídeo!
    5. Capas de vídeos CHAMATIVAS.
    6. Procure deixar uma capa que venda bem o seu conteúdo.
    7. Duração do Vídeo

    No Youtube Analytics o campo de “Retenção de Público” mensura durante quanto tempo seus vídeos conseguem manter o interesse da audiência.
    Analise o ponto médio que seu público perde o interesse e mantenha essa
    média nos vídeos.

    Agora que você já sabe como atingir milhares de pessoas, que tal colocar essas dicas e estratégias em prática para chegar ao sucesso do seu canal?

     

  • in , ,

    Popular

    Novidade no Instagram: Entenda como funciona o canal IGTV

    IGTV Instagram TV

    Agora é possível criar um canal dentro do aplicativo e vídeos de maior duração

    IGTV Instagram TV

    Uma das redes sociais mais utilizadas atualmente, principalmente para divulgação, o Instagram lançou uma nova ferramenta, a ‘IGTV’, e criou um aplicativo para a mesma.

    Para fazer uso novidade, não é necessário baixar o novo aplicativo para assistir os vídeos do canal ‘IGTV’, eles já estarão disponíveis diretamente no próprio perfil. Vamos entender melhor como funciona?

    A funcionalidade da IGTV

    Diferente dos posts comuns do Instagram, os vídeos da IGTV não receberão edições de corte ou filtros que altere a cenas. Desta forma, a nova ferramenta se torna bastante parecida com o Youtube. Além disso, ela permitirá vídeos de 15 segundos a até 60 minutos e tem como principal objetivo funcionar como uma “TV” tradicional.

    O serviço não abrirá diretamente a câmera do celular para a gravação dos vídeos. Os usuários da IGTV poderão compartilhar somente aqueles que estiverem salvos na biblioteca do celular.

    Esse novo aplicativo aceita vídeos na vertical e com resolução de até 4k. Nele ainda terão as opções de vídeo (Para Você, Seguindo, Popular, Continuar Assistindo), gerando ainda interações através de curtidas, comentários e compartilhamentos e o usuário poderá avançar e voltar o tempo do vídeo.

    Como acessar?

    IGTV Instagram TV

    O primeiro passo é abrir o Instagram e tocar no ícone IGTV no canto superior da tela. Logo em seguida, pressione em assistir agora para acessar todo o serviço do aplicativo. Após esse procedimento, a tela inicial mostrará os conteúdos sugeridos na aba, o “para você”, que deixará em vista os vídeos de pessoas que o perfil ainda não segue. A aba “seguindo” mostrará os vídeos de seguidores.

    No terceiro passo, basta clicar em “populares” para encontrar os vídeos mais visualizados do aplicativo, incluindo influencers. O “continuar assistindo” ainda mostrará os vídeos iniciados que não foram vistos por completo.

    Para quem quiser criar o próprio canal, basta tocar na opção “criar canal” e visualizar as informações. Para ter acesso a ele é só clicar sobre a imagem de perfil e tocar no ícone para adicionar um vídeo. A partir daí é só definir um título, descrição e compartilhar no facebook, por exemplo.

    Diante desta nova atualização, não tenham dúvidas de que em breve o Instagram terá monetização dos vídeos, de anúncios, assim como rola no YOUTUBE.
    Isso irá atrair ainda mais audiência para o mesmo.

  • in

    Tudo o que você precisa saber para dar START na sua Automação de Marketing

    Como iniciar a Automação do seu Marketing e o que você precisa saber para dar START neste projeto

    Muito se fala a respeito deste tema, porém, a maioria das pessoas ainda não sabem ao certo o seu real significado. Para alguns, o termo é associado diretamente com automação industrial, onde logo são lembradas imagens de fábricas de automóveis japonesas, acompanhadas de robôs e esteiras que transportam caixas, um mundo totalmente dominado por máquinas. Porém, a automação de marketing vai além, pois faz uso de uma boa tecnologia aliada a uma comunicação pessoal poderosa. Elaboramos este post para que você possa entender melhor o que é a automação de marketing.

    Definição de Automação de Marketing

    O que é automação de marketing?

    Com certeza essa é uma das dúvidas que muitos gestores e pessoas que desejam conhecer melhor o assunto gostariam de esclarecer.

    Automação de marketing é uma forma de automatizar os processos de relacionamento com os contatos, ou seja, os leads (potenciais clientes) da empresa, e oferecer assim as informações que eles precisam para avançar na jornada do cliente.

    É possível dizer também que, a automação de marketing é uma importante estratégia de marketing digital, pois permite a utilização de softwares e tecnologias para agir em escala e assim aumentar os resultados obtidos.

    Através dela, é possível também identificar, agir de maneira personalizada com o público alvo, e acompanhar todo o processo de vendas, melhorando assim o relacionamento em geral.

    Não ficou claro ainda?

    Veja o passo a passo – você é uma agência de marketing, e oferece conteúdos em seu blog (como este que você está lendo agora), e no seu site, existem diversos conteúdos que este usuário (futuro lead) pode se interessar e baixar, ou apenar enviar “uma dúvida à respeito” de tal assunto.

    Na maioria das vezes, as dúvidas são as mesmas: “quanto custa um site?” “quanto tempo leva para ter resultados com marketing digital?” “preciso mesmo estar em todas as redes sociais?”

    Tenho certeza que você, em seu negócio, também recebe DEZENAS de vezes A MESMA DÚVIDA. Certo? E se você pudesse automatizar isso? Sim, você pode, com a técnica de automação de marketing, pode ser via e-mail ou via chat. O mais popular é o e-mail com certeza.

    Exemplo prático: se você baixar um conteúdo sobre landing pages, vou te enviar alguns exemplos de landing pages em seu e-mail, e logo em seguida, um e-mail falando sobre os resultados que já tivemos com algumas landing pages dos nossos cliente, e por fim, um terceiro e-mail contendo alguns depoimentos de clientes que passaram a fazer campanhas usando landing pages.

    Você então vai saber os benefícios de uma landing page, vai conhecer visualmente uma delas, e vai ver o relato de gente que já usa e aprova. O próximo passo? Valores! (risos)

    Benefícios da Automação

    Empresas grandes, geralmente, lidam com diversos contatos de clientes, então elas veem na automação um ótimo benefício para o dia a dia dos funcionários, melhorando ainda mais o gerenciamento de seu trabalho.

    Mas isso não se limita a empresas grandes, muito pelo contrário, quando você está iniciando seu negócio, e basicamente, é você e Deus, você precisa se multiplicar, responder e-mails, fazer propostas, executar, mensurar e entregar. E captar novos clientes? Sim, você pode automatizar isso, e agir pessoalmente somente nas últimas etapas, de fechamento.

    Vamos ver alguns benefícios da automação abaixo:

    1 – Geração de leads

    Através da automação, é possível entender o interesse do Lead e seu estágio de compra, concedendo a ele as informações necessárias, em determinado momento e de maneira automatizada. Se a empresa já possui sua lista de clientes bem mapeada, fica mais fácil criar guias e processos que ajudem a atrair novos leads, e com a automação, é possível conseguir duas vezes mais contatos.

    Como isso funciona na prática? Você pode definir TAG’s para cada e-mail que envia, e se o assunto daquele determinado e-mail é especificamente um serviço que você oferece, você enviou pro lead, ele abriu, leu, ficou um tempo vendo (as ferramentas permitem-nos ver estes números), então sabe o que isso quer dizer? Este é um LEAD QUENTE! Depois você pode filtrar os leads pelas tags e falar apenas com quem tem real interesse no seu serviço.

     

    2 – Melhor Oportunidade de Vendas

    A ferramenta (tem algumas indicações de ferramentas no final do post) é capaz de auxiliar a empresa a agir de forma diferenciada com o público, melhorando o relacionamento e ao mesmo tempo, as vendas. Com a automação de marketing, é feito o acompanhamento do cliente de maneira personalizada, aumentando as oportunidades de negócio.

    Fora a parte de tags, mencionada no tópico 1, você pode ir enviando e-mails, e dando uma pontuação pro seu lead de acordo com as aberturas de e-mails, tempo de engajamento no e-mail, clique, e por ai vai… sabe por que isso é ótimo? Hoje em dia, atenção é o produto escasso.

    Se você tem leads que investem o tempo deles lendo seus e-mails ou mensagens, de uma coisa você pode ter  certeza, este lead tem interesse no que você fala, e pode em algum momento, se tornar um cliente.

     

    3 – Aumento de Visibilidade

    Com a ajuda da automação de marketing é possível agendar os disparos e-mails direcionados para seu público e mensurar os resultados das campanhas, monitorar quem abriu, quem leu, quem clicou, entre outros, além de acompanhar as interações dos usuários com sua empresa.

    Agora imagina você fazer isso de forma contínua? Antes você poderia estar em contato com seu cliente somente via e-mail escrito à mão, ou um telefonema, passa-se alguns dias e o lead já esfriou e esqueceu de você. E é exatamente isso que não acontece na automação, você pode manter contato frequente, com e-mails ou mensagens pré-programadas, para que este lead percorra sua jornada de informações e vendas, e você determina em que momento você entrará em contato “ao vivo” com o mesmo.

     

    4 – Agilidade e Pontualidade no Contato

    Quanto mais rápida a abordagem do cliente, maior será o retorno para você e para seu negócio. E com a automação de marketing, rapidamente são identificados os leads que podem receber um contato de vendas, ou seja, o atendimento é totalmente agilizado, conquistando assim uma taxa de conversão maior.

    Com a automação, você pode enviar e-mails e mensagens instantaneamente para este novo lead, pode se comunicar com ele em uma linha do tempo específica, de acordo com a porta de entrada dele, e até mesmo de acordo com qual mensagem ele interagiu.

     

    5 –  Redução do custo de aquisição de cliente

    O custo de aquisição do cliente (CAC) é a métrica que indica o quanto a empresa precisou gastar para investir em um novo cliente. Quando a empresa atraiu 20 novos clientes por 50 reais cada um, mas precisou cuidar de todo o processo manualmente, analisando o perfil e verificando informações antes de transferi-las para a equipe de vendas, levando dias para finalizar.

    Num ritmo como este, a empresa não consegue aumentar o impacto e nem realizar diversas campanhas ao mesmo tempo, ao menos que sejam contratados novos funcionários. A automação de marketing ajudará então a resolver esse problema.

    Após implementar uma ferramenta de automação, para tirar as principais dúvidas dos seus clientes de forma automática, para enviar depoimentos e cases de sucesso também de forma mecânica, e outras informações que você julgar de extrema relevância para novos contatos, você deixa digital estes passos iniciais, e pode deixar sua equipe de vendas, ou você mesmo, para interagir somente a partir da etapa que o lead já te conhece, sabe o que quer e tirou dúvidas.

     

    E que tal falarmos também do que NÃO está neste caminho?

    Nenhum cliente é igual, isso é um fato, a automação só trata do que é comum em campo aberto, ou seja, dúvidas que são básicas. Por isso, se o cliente entrar em seu mailing, e tiver uma dúvida específica, ele irá perguntar, seja no e-mail da empresa, no telefone, no whatsapp, nas redes sociais, etc. E isso é MUITO importante, o contato humano.

    Não se preocupe, pois isso apesar de parecer contraditório, é o que acontece na maioria dos casos. Em todos os nossos clientes que mantemos automações ativas diariamente, também mantemos canais de contato direto, como o link do whatsapp no site, para tirar dúvidas “ao vivo”.

    Você pode ver isto aqui no canto inferir esquerdo, onde pode trocar um whatsapp direto comigo : )

     

    Conclusão

    Você pode estar perdendo leads agora mesmo, por não usar uma ferramenta de automação de marketing, e conhecer todas as técnicas, formas e benefícios que isso pode trazer de benefício para você ou para seu negócio.

    A automação de marketing é a CHAVE para você crescer exponencialmente no curto prazo, sem precisar ter uma equipe GIGANTE de profissionais fazendo este atendimento.

    Aqui na FWD nós trabalhamos implementando automações para diversas áreas, e a principal é o E-MAIL. Vamos conversar!


    PARTE 2

    Dicas de Ferramentas para Automatizar o Marketing

    Para e-mails:

    • ActiveCampaign [Link]
      A mais completa que eu conheço e uso no dia-a-dia, possui ferramentas para cadastro de formulários, pop-ups, gestão completa de leads, score (pontuação do lead), e  CENTENAS de filtros para você criar sua automação.
      Começa em USD 9/mês.
    • MailChimp [Link]
      Excelente ferramenta, super completa, e muito focada na entrada de leads e nos e-mails, possui uma ferramenta de design de e-mail excelente, e muitas ferramentas para quem possui e-commerce, como carrinho abandonado e recomendações de produtos via e-mail.
      Começa gratuita para até 2 mil contatos.
    • LeadLovers – Ferramenta Brasileira [Link]
      Sim, uma ferramenta 100% nacional, com criação de formulários, landing pages, automação de e-mails, funil de facebook (alertas no fb), e de “bônus” oferece uma área de EAD para você disponibilizar seu curso online.
      Começa em R$ 154,00/mês.

    Essas são três que eu fortemente indico você conhecer e pesquisar mais à respeito, e é importante falar que existem dezenas de ferramentas de automação, então fique à vontade para pesquisar.

     

  • in ,

    O futuro do e-commerce no Brasil: o que esperar deste setor

    A tendência é que o e-commerce cresça e conquiste ainda mais o público

    O e-commerce surgiu em meados de 2008, quando apareceram soluções para a criação de comércios eletrônicos. Após cinco anos, a China alcançou um recorde de vendas online, lucrando cerca de 4 bilhões de euros durante o CyberMonday, uma ação de vendas com promoções/descontos. O setor caminhou assim para uma vida longa e o futuro do e-commerce no Brasil é algo bastante especulado.

    Em 2017, o e-commerce foi um dos setores que apresentou maior evolução. E a tendência é que, a cada dia que passa, ele cresça ainda mais. Segundo dados da Ebit, empresa de consultoria especializada em lojas online, somente no primeiro semestre de 2017 houve um aumento de 7,5%.

    Expectativa de 2018 em diante

    Em 2018, o que se espera é justamente que esse setor siga crescendo. O público vem se familiarizando com essa plataforma e a qualificação das ferramentas que são utilizadas, bem como a melhoria na experiência ao comprar algum produto ou serviço.

    Outro ponto importante é que, tal crescimento gera concorrências saudáveis, permitindo ao consumidor encontrar preços mais competitivos.

    Existem, atualmente, uma série de fatores que podem ajudar a compreender melhor como será o futuro do e-commerce. Listamos as principais tendências desse setor para 2018 e para os próximos anos.

    O Futuro do Ecommerce

    Tendências do setor

    1 – Customização de produtos

    Uma experiência que ganhou força e acabou migrando para outras áreas foi a venda de camisetas, canecas e outros itens personalizados conforme o gosto do cliente, em determinados sites. Por conta disso, tudo indica que a partir de 2018 a customização de produtos seja bastante utilizada.

    Muitas empresas já fazem uso deste conceito, o que permite que o cliente tenha experiências únicas, apenas com base no que é de sua preferência, e que seja encontrada a melhor solução para cada caso. A customização faz com que a empresa ganhe autoridade no mercado.

    Esse tipo de experiência, quando gerada, possui um imenso valor e fortalece bastante a relação entre a empresa e o cliente, principalmente quando se desliga da sensação de ser somente um mero comprador.

    2 –  Valorização do conteúdo produzido

    As pessoas recebem milhares de ofertas por dia, e muitas chegam a ser agressivas, sem mostrar de forma detalhada do que se tratam. Desta forma, é essencial que, cada vez mais, a produção de conteúdo, feito com qualidade, seja unida com a divulgação dos produtos/serviços.

    O que pode ser colocado em prática são vídeos, uma vez que conseguem reunir bastante conteúdo e em pouco tempo, transmitir o que o consumidor deseja saber, passar uma explicação mais completa sobre como os produtos são comercializados, como funcionam, etc.

    Um dos motivos para investir num recurso como este é que a pesquisa do cliente ficará cada vez mais fácil. Porém, as chances de eles se tornarem clientes muito mais exigentes, será maior.

    3 – Compra personalizada

    Esse fator já é utilizado atualmente. O que importa, neste caso, não é a novidade, mas sim a consolidação dessa prática que já vem funcionando de forma primorosa.

    A utilização do histórico de navegação e compra do cliente é o que facilita na hora de oferecer as melhores opções. Desta forma, o número de vendas poderá aumentar e a experiência oferecida por ele será qualificada.

    Quem ainda não investe em ferramentas como esta, deve procurar uma forma de realizá-la, uma vez que a ausência desse recurso pode levar a uma perda de espaço, devido à exigência dos consumidores em esperar por soluções assim.

    4 –  Utilização do mobile    

    Grande parte das compras, atualmente, são feitas em lojas virtuais via dispositivos móveis. Por conta disso, oferecer soluções para facilitar o uso de equipamentos como este não é somente o futuro do e-commerce, mas sim uma forma de se adequar a uma tendência mais forte, que pretende se consolidar ainda mais.

    O ideal é que a loja virtual sempre ofereça facilidade de navegação. Caso isso não esteja disponível, os clientes poderão ir para sites concorrentes, ou seja, deve-se criar uma versão responsiva do site.

    5 – Soluções híbridas

    As soluções híbridas costumam ser uma série de serviços diferenciados e um dos destaques nesse cenário. É algo que se encaixa bem em lojas virtuais e que poderá facilitar cada dia mais o serviço de entrega.

    Por diversas vezes pode ocorrer de os clientes comparem no site e ter pressa em receber. Visando então solucionar esse problema, a maioria possibilita a retirada do produto na loja física mesmo. Nem todas trabalham assim, mas essa é uma dica importante, pois essa é uma prática valorizada pelo público.

    E você, o que acha do e-commerce e o que espera de novidades nos próximos anos?

  • in

    Popular

    Automação de Marketing – Será isso assim tão positivo? Ou negativo? [Entenda]

    Você já ouviu falar em Automação de Marketing?

    Sim, a palavra automação está correta neste caso, é literalmente a automação de diversos processos, como e-mails de agradecimento, e-mails de lembrete de um boleto que irá vencer, e muitas, muitas outras mensagens.

    Até pouquíssimos anos, 4 ou 5, se falava muito no marketing humanizado, puxado pelas redes sociais, onde é possível estar em contato direto com seus clientes, conversar via messenger, whatsapp, fazer uma live e literalmente conversar com eles.

    Os caminhos foram encurtados, isso deu muito resultado, e como tudo que o humano desenvolve e vê que pode ganhar com isso, ficamos com sede de MAIS resultados, mas como o “humano” é limitado, criou-se bots, criou-se ferramentas de automação, até mesmo algumas bem inteligentes, onde você pode conversar, trocar e-mails e acreditar que alguém está do outro lado.

    Nosso debate é, isto é positivo ou negativo?

    Automação de Marketing

    Fato é: relações humanas nunca serão descartadas, pois a máquina possui limites.
    Fato é: as relações digitais são cada vez mais comuns, pois o humano está cada vez mais conectado.

    Neste paradoxo, quem vence?

    • O uso do iFood cresce para não precisarmos mais “conversar” com um humano.
    • Você pode chamar e pagar um Uber sem precisa conversar com um humano.

    Essa falta de tato nas relações interpessoais, principalmente quando falamos tanto em criar engajamento e empatia com seus clientes, gerar relacionamento para que estes realmente comprem a marca, comprem como fãs, pode estar a caminho de uma relação fria, onde massivamente se comunicam, porém onde há pouca empatia.

    Outro paradoxo é que, esta relação superficial cria seres ansiosos, onde ao receberem um e-mail que é 100% personalizado para você, com seus interesses, seu nome, etc… este ser realmente acredita em você!

    Apesar dessas relações serem 100% digitais, em algum momento, como dúvidas, reclamações, elogios, etc, será necessário o contato humano, para um atendimento personalizado e exclusivo.
    E ai meu caro, se você erra nesse ponto, pode ser um grande tiro no pé.

    Seu primeiro nível de contato está automatizado, o primeiro e-mail trocado, a primeira mensagem no chat, e quando o cliente tem dúvida, você não a sana de forma eficaz, faz com que sua reputação caia por água abaixo.

    Muitos vão dizer: no final, o que importa é se o cliente comprou ou não, se entrou o dinheiro, então está funcionando.

    Bom, isso até pode ser verdade para algumas pessoas, mas pode acreditar, esse tipo de relação não é duradoura, não sobrevive para upsells, para clientes recorrentes.

    Aqui nossa opinião é de que a Automação de Marketing é sim positiva, pois faz com que seus leads o conheçam mais profundamente, com e-mails de qualidade, vídeos bem roteirizados, com conteúdos que realmente façam a diferença no dia a dia deste lead, e na sequência, com este lead engajado, com sua audiência engaja, você faça ofertas que vão de encontro com os interesses desta pessoa.

    PESSOA, pois nunca podemos esquecer que são pessoas, com interesses, desejos e problemas do outro lado, não um número ou um contato de telefone apenas.

    Você concorda com essa posição? Se sim, deixe seu comentário e vamos debater este assunto.

    Relações digitais por meio de automações são potencializadas ou prejudicadas?

    E para finalizar, FATO é: Automação de Marketing veio para ficar, vai crescer muito ainda, até o ponto de inserir inteligência artificial integrada e realmente trabalhar com personalização de ponta a ponta da comunicação.

    Forte abraço.
    Filipe Oliveira
    CEO da Agência FWD

    Vamos trabalhar juntos?




  • in , , ,

    Popular

    Por que Contratar uma Agência Especialista em Social Media?

    Descubra os Principais Motivos para Contratar uma Agência Social Media

    ➖ Atualmente, as redes sociais são algumas das principais ferramentas de relação entre marcas e clientes. Uma das funções do profissional de Social Media é fazer a ponte entre o cliente e o público final, engajando o mesmo a participar das redes sociais.

    ➖ Este trabalho de engajamento é realizado em diversas frentes, vamos citar algumas:

    • identificação da linha editorial de melhor impacto com os leads (potenciais clientes);
    • mensurar cada estilo de publicação para avaliar se positivo, neutro ou negativo;
    • criar a FAQ de respostas massivas;
    • identificar potenciais leads/usuários e fugir da FAQ para engajar com maior impacto;
    • fazer benchmarking com concorrentes diretos e indiretos;
    • gerenciar as publicações em cada rede social;
    • construção da redação e pesquisa de hashtags para melhor entregabilidade de cada publicação;
    • sugestão de novos temas ao time criativo;
    • planejamento da agenda de publicações;
    • sugestão e planejamento de ações para aumentar a visibilidade da marca;
    • e muito mais!

    A internet aproxima a sua empresa do seu público alvo, quando bem planejado.

    Hoje, as redes sociais como (Facebook, Instagram e Twitter) são os principais canais de informação, ao lado dos grandes buscadores (Google e YouTube), isso quer dizer que o usuário busca informações sobre sua empresa em todos estes meios (ou em alguns deles) antes de efetivar a contratação ou compra de um produto.

    As pessoas estão mais conectadas do que nunca. A proximidade é fundamental e para isso, o seu negócio tem que estar na internet.

    Fortaleça sua marca, entenda a realidade do cliente e desenvolva um relacionamento eficaz com ele.

    Criamos um post com MAIS DE 20 DADOS sobre as principais redes sociais no Brasil, veja aqui.

    ➖ Para ter o melhor proveito que o Social Media tem a oferecer para sua empresa, entre em contato conosco para saber mais informações!

    ; )

    Vamos trabalhar juntos?




  • in ,

    Popular

    4P’s do Marketing no Marketing Digital

    Os 4 P`s do Marketing Aplicados no Marketing Digital

    Quais são os Famosos 4 P’s do Marketing?

    Antes de irmos diretamente aos 4 p´s de marketing, uma explicação: em muitos lugares você vai encontrar o 1º P sendo o Produto. Aqui discordamos deste item, pois hoje, com o marketing mais humanizado e o cliente cada vez com recursos ilimitados de informação, investir horas e mais horas analisando seu produto é menos importante do que analisar o seu público alvo. E acreditamos que conhecer seu produto é obrigação.

    É melhor saber para quem você quer vender ou é melhor entender do seu produto para vender?

    Vamos analisar dois cenários:

    Cenário 1 – Você conhece tudo do seu produto e não sabe a quem ele se destina. Você inicia uma conversa com um potencial comprador, e só fala das características do seu produto, sem ligá-los a quem comprou. Isso é o que chamamos de ‘venda fria’.

    Cenário 2 – Você conhece seu produto e conhece seu comprador, sabe qual a dor dele, e se preparou para encaixar seu produto na dor do seu comprador, mostrando como o comprador irá se beneficiar, como ele irá ter o remédio para a dor dele.

    Assim fica fácil identificar quem vende mais.

    Aqui é importante definir o seu público alvo e a praça onde ele está localizado.

    Público alvo

    Remete a quem seus serviços e produtos se destinam e para quem você quer vender, ser referência, impactar com suas campanhas digitais ou reforçar sua marca. Também é considerado uma porção da sociedade onde se avaliam os hábitos de consumo, comportamento de compra, as preferências, os dados demográficos e socioeconômicos, o poder aquisitivo e muito mais.

    Em seu público alvo é importante definir o nicho de atuação em que o produto ou serviço se encaixa melhor, e se atentar para não atacar um nicho muito grande no começo. Quando maior o nicho, maior o investimento e maior o esforço empreendido para impactá-lo.

    Vamos analisar melhor o seu público alvo no item ‘Buscar a sua persona’.

    Praça

    A praça define onde seu público está e onde você oferece seu produto ou serviço.

    1. Você quer impactar localmente, regionalmente ou nacionalmente?
    2. Quais os locais que seu público costuma frequentar?
    3. Qual o tamanho dessa praça?
    4. Sua praça agrega diferentes públicos ou é de nicho? Defina-os.
    5. Quais os veículos de mídia mais relevantes em sua praça?
    6. Há pessoas que são referência em sua praça?
    7. Como você entregará seu produto ou serviço para esta praça?

    Promoção

    Promoção não quer dizer Liquidação, mas sim o conceito de Promover a sua Marca, fazer com que sua mensagem alcance a sua persona, e transformar, assim, a sua empresa de mera desconhecida em uma possível solução para necessidades e desejos do seu público.

    1. Quando e onde você pode passar adiante, de forma efetiva, as mensagens de marketing do seu negócio para o seu público-alvo?
    2. Quais os melhores canais (TV, rádio, internet, impressos) e ações de relações públicas para apresentar as suas soluções para possíveis clientes?
    3. Seu mercado é sazonal (ovos de páscoa, árvores de natal)? Qual, então, deve ser o calendário para poder aproveitar as chances de aumentar as vendas e promoções?
    4. Como os seus competidores fazem a promoção de seus produtos e serviços? Qual a influência deles sobre as suas ações?

    Essas são algumas das perguntas que vão ajudar você e sua equipe a direcionarem seus esforços de maneira mais efetiva.

    A Promoção está diretamente ligada aos seus Canais de Atuação, mas visa também a definição de como irá impactar seus leads:

    1. Quais conteúdos são mais relevantes para seu público?
    2. Existe algum assunto tabu em sua atuação?
    3. Tem algo que é pouco discutido?
    4. Qual o assunto que gera mais polêmica?
    5. Quem são as personas chaves?
    6. E quem são os profissionais ou empresas referências?
    7. Você acompanha os conteúdos de seus concorrentes? Liste-os.
    8. Qual sua estratégia para se sobrepor aos seus concorrentes? Defina.
    9. Sua linguagem deve ser formal ou informal? Liste pontos de atenção.

    Preço

    O preço é uma variável considerada bastante importante, porém dependerá muito do perfil do consumidor que se irá trabalhar. É importante saber quanto e de que forma cobrar por um produto ou serviço para que se obtenha sucesso.

    Porém, o preço não está relacionado somente aos custos de fornecimento do serviço ou da produção em si, ou seja, essa variável tem muito a ver com o valor que é percebido pelo cliente.

    Um exemplo claro é quando você não para 50 reais num chinelo branco e azul de modelo antigo, mas paga até mais que isso por um chinelo de marca, colorido e assinado por algum estilista famoso.

    Por conta disso é que existe a grande dificuldade de precificar os produtos, e também por este motivo que esse “P” integra a parte de estratégias. Vale lembrar que o preço é o único que gera receita para as empresas.

    Para ajudar, existem algumas perguntas que, ao serem respondidas, dão auxilio no momento da precificação do produto ou serviço.

    1 – Quais são os preços dos concorrentes?

    2 – Qual o valor que está agregado ao produto ou serviço?

    3 – A margem de lucro pode ser reduzida para oferecer descontos?

    Concluindo:  

    O composto de marketing continua sendo muito importante para traçar estratégias para a sua empresa, pois partindo dessas 4 variáveis, o empreendedor pode definir uma série de ações, e traçar assim os caminhos exatos a serem percorridos.

  • in , , , ,

    Popular

    Qual a Melhor Rede Social Para os Seus Negócios?

    Qual a Melhor Rede Social? Agência FWD

    Identifique a Melhor Rede Social para Seus Negócios

    Quando falamos em marketing digital, pensamos logo de cara nas redes sociais que atualmente são os canais de mais importância, e são responsáveis por atingir o público-alvo. São várias as redes sociais que as empresas podem apostar o seu investimento e aumentar a visibilidade de seu produto ou serviço. E para identificar a melhor, é necessário conhecer cada mais a fundo.

    Canais de Atuação

    Redes Sociais por Segmento de Atuação

    O Facebook é a rede social mais utilizada no Brasil, e 83% de todas as pessoas que acessam a internet no país, acessam também o Facebook. Além de ser uma plataforma mais versátil e completa, possuindo opções para publicação de vídeos, fotos, enquetes, frases, galerias, álbuns, e também anúncios, a rede possui perfis pessoais e profissionais, e está repleto de ferramentas que auxiliam a divulgar sua empresa. Por ser extremamente flexível, o Facebook pode ajudar empresas de todos os segmentos, desde que o público alvo da mesma, seja ativo na internet. O forte no Facebook é conteúdo institucional, de forma moderna e alegre, sempre com conteúdo noticioso.

    O Instagram foi comprado pelo Facebook em 2015, e o foco desta rede social ainda continua sendo o compartilhamento de momentos por meio de fotografias ou vídeos. De 2016 para cá, tivemos uma explosão de Influenciadores Digitais cada vez mais ativos no aplicativo, gerando uma plataforma extremamente relevante no dia a dia das empresas. O forte aqui são produtos visuais, bonitos, momentos do dia a dia, pessoas que fazem parte da empresa, clientes, andamento dos serviços. A vida ‘pessoal’ do representante da empresa é bem aceita nesta rede, até mais do que no Facebook.

    O Google+ é bastante semelhante ao Facebook e é também uma rede muito completa. Hoje ele possui um número de usuários ativos semelhante ao Twitter, quando falamos de público jovem, de 18 anos ou menos.

    O Twitter é a rede mais rápida em atualizações por ser focada em microblog de apenas 140 caracteres. Não possui ferramentas para anúncios, e hoje permite publicação de fotos e vídeos. Como a atualização é muito rápida, é interessante apenas para empresas que oferecem informações ao longo do dia. Se você pensa em publicar apenas 1 vez ao dia, é melhor não entrar na rede.

    O YouTube é o 2º site mais acessado do mundo, só está atrás do site do seu proprietário, o Google. É também o 2º maior buscador da internet, mesmo não sendo um site nativamente de buscas. Os vídeos se tornaram uma explosão de conteúdos, informações, vendas e debates que movimentam mais de 30% de todo fluxo de internet no Brasil. É a melhor forma de mostrar seu produto ou serviço funcionando, tornando factível e criando interesse ou desejo em seu lead. Vale apostar na criatividade para alcançar uma parte desta audiência gigantesca. Atenção à sua persona, para não ficar falando sozinho no YouTube.

    O Linkedin é a rede voltada exclusivamente para profissionais que, muitas vezes, estão em busca de novas oportunidades de trabalho, e em outras muitas vezes, procurando conexões para novos parceiros e potenciais clientes. É a rede mais institucional e mais formal atualmente. Lembre-se que os Perfis no Linkedin são pessoais, e existem as páginas de empresas, onde o conteúdo é institucional.  Não se deve misturar as coisas, usando perfil para pessoa jurídica, e página de empresa para pessoa física. A rede é completa também, mas por ainda não ter nacionalidade brasileira, todas as ferramentas de anúncios são em dólar, o que aumenta muito o valor de investimento na plataforma.

    Saiba qual o perfil do usuário no Facebook

    • 92% dos usuários de Facebook aponta que usam a rede predominantemente em casa.
    • 35% usam predominantemente o Facebook no trabalho.
    • 60% usam a plataforma principalmente pelo Smartphone.
    • 65% dos usuários comentam fotos e posts.
    • 65% curtem páginas de empresas ou produtos.
    • 80% buscam promoções.
    • 35% dos usuários apenas observam o que acontece na rede.
    • Cerca de 15% são criadores de conteúdo.
    • 55% são participantes, não criam conteúdo, mas curtem, comentam e compartilham conteúdo.
    • 50% se sentem incomodados com conteúdos irrelevantes.
    • 60% concordam que o perfil no Facebook influencia em sua vida profissional.
    • 55% concordam que a rede é local para discussões e debates políticos.
    • A partir das 9h da manhã, o volume de cliques na rede aumenta até as 15h, e continuam relevantes até as 17h, onde começam a cair bruscamente.
    • O período de 0h às 8h é considerado a zona morta do Facebook.
    • Tem 1 bilhão de usuários no mundo e 102 milhões no Brasil.

     

    Saiba qual o perfil do usuário no Instagram

    • As fotos mais curtidas pelos usuários do Instagram são as que não tem filtro aplicado.
    • É uma rede que tem maior acesso no final do dia, e nos finais de semana.
    • O número de publicações tem o pico nas tardes de domingo.
    • 75% são mulheres e 25% são homens.
    • Tem em média 15 vezes mais interações que o Facebook.
    • Possui 29 milhões de usuários ativos, sendo 30% em média criadores de conteúdo.
    • 61% destes usuários acessam a rede diariamente.

    Tem mais algumas dicas no post: 5 fatores ESSENCIAIS para ter sucesso nas redes sociais. Acesse aqui.

    E aí, quer aprender a usar estes dados para a melhor performance do seu negócio nas redes sociais?

    Vamos trabalhar juntos?




  • in , ,

    Popular

    7 Dicas para Atuar com Empreendedorismo Digital

    Como se Tornar um Excelente Empreendedor Digital e Alavancar o seu Negócio

    A internet tomou o posto de meio de informação mais acessado em todo o mundo em 2012, e ao que tudo indica, não perderá este posto.

    Praticamente toda empresa precisa estar na internet, a não ser que você venda geladinho na porta da sua casa, e ainda assim, arrisco dizer que você pode sim ter sucesso divulgando seu geladinho na internet, ganhar público, pegar eventos, e por ai vai… a internet oferece infinitas possibilidades, e por isso…

    Você pratica do Empreendedorismo Digital?

    Atualmente, a maioria dos profissionais estão optando pelo empreendedorismo digital. A maior prova são as lojas físicas que adicionar o serviço de lojas virtuais em seu business model, possibilitando fazer vendas sem precisar de um PDV.

    Já existem várias pessoas investindo neste mercado digital que está em crescimento, não só quem já possui uma empresa, mas também quem deseja se tornar um empreendedor digital e ganhar dinheiro por meio da internet.

    Então vamos às…

    7 DICAS PARA ATUAR NO EMPREENDEDORISMO DIGITAL E OBTER SUCESSO

    O empreendedorismo digital é um modelo de negócios, desenvolvido para oferecer um produto ou serviço por meio de Sites, Portais, Apps, SaaS e por ai vai… sempre com o foco, claro, de gerar lucro. E para se tornar um excelente empreendedor digital, listamos 7 dicas para começar com o pé direito e caminhar rumo ao sucesso.

    1 – Ampliar sua Visão de Mercado

    É importante que o empreendedor tenha uma visão mais ampla, enxergue mais longe as possibilidades. Muitas vezes, por conta disso, ele será mal compreendido, mas isso só mostrará como ele tem capacidade de ver as oportunidades que outras pessoas não conseguem ver.

    A partir do momento em que a visão mercadológica é ampliada, você passa a identificar não somente as oportunidades, mas também as ameaças que podem ser encontradas na construção do seu negócio. Além disso, os pontos fortes e fracos também podem ser identificados, ou seja, o mercado é analisado antes que qualquer atitude seja tomada.

    Desta forma, as estratégias poderão ser criadas de forma mais clara e objetiva, e o empreendedor passa a aceitar os desafios e assumir os riscos para se fortalecer diante de seus concorrentes.

    2 – Ter Boas Referências ou Bons Mentores

    Para se tornar um bom empreendedor, é necessário ter como referências pessoas que possam inspirar, transmitir bons conteúdos, para que sejam absorvidos da melhor maneira possível. Quando se tem uma boa fonte de inspiração, rapidamente se adquire um grande aprendizado através de dicas e novos pensamentos que poderão ajudar na transmissão de informações para o público.

    3 – Realizar uma Boa Leitura e FREQUENTE

    A leitura é algo bastante importante e costuma fazer parte do dia a dia de pessoas bem-sucedidas. O ideal é que pelo menos 1 parágrafo por dia seja lido. Desta forma, será mais fácil encarar as transformações. Deve-se lembrar que o conteúdo absorvido precisa estar relacionado ao empreendedorismo.

    Para quem está entrando no mercado de empreendedorismo digital, o livro chamado As Armas da Persuasão, de Robert Cialdini, é o mais indicado.

    Além de aprender a como persuadir as pessoas, com ele é possível entender melhor o conceito dos gatilhos mentais, ou seja, as melhores maneiras de vender através da internet e como criar anúncios que possam convencer o público.

    4 – Fazer um Curso de Empreendedorismo DIGITAL

    Para quem deseja trabalhar com empreendedorismo digital, não tem nada melhor do que conhecer um pouco mais sobre essa área, conhecer os principais setores e o que esse mercado tem a oferecer, uma vez que, para os próximos anos, a expectativa é que o mercado digital cresça ainda mais e novas oportunidades apareçam.

    Um dos principais objetivos do curso de empreendedorismo digital é ajudar a entender as particularidades e desafios que esse mercado apresenta e saber como identificar as oportunidades e os riscos, além de auxiliar no desenvolvimento de métodos necessários para desenvolver um plano de negócios e como aplicar o empreendedorismo nos desafios diários de uma empresa.

    5 – Formar um EXCELENTE Networking

    Essa troca de experiência e conhecimento pode se tornar uma ótima oportunidade de criar vínculos com pessoas interessantes. É muito importante manter uma rede de contatos para suprir as necessidades e superar os desafios do mercado em que sua empresa está atuando.

    Cada nova conversa é uma nova oportunidade de expandir a rede de relacionamentos.

    O verdadeiro networking, geralmente, é baseado na troca, onde não se pode apenas pensar nos benefícios que a empresa pode ganhar, mas também no que ela terá para oferecer.

    Para os empreendedores, o networking é fundamental para o crescimento do negócio, e pode ser um processo de construção de amizades motivada por interesses parecidos. A partir do momento que esses contatos são construídos, a capacidade de formar novos relacionamentos profissionais são bem maiores.

    6 – Manter Sempre o Foco na Coisa Certa

    No dia a dia de qualquer empresa, são diversas as atividades que precisam de bastante atenção e comprometimento. Por isso, o foco na execução das tarefas deve sempre existir. O ideal é pensar e planejar bem antes de fazer, uma vez que o não planejamento pode gerar uma série de erros.

    O foco costuma ser importante para a empresa em sua fase inicial, pois leva o empreendedor a ser mais produtivo e faz com que ele consiga dar vida aos projetos mais importantes.

    7- Transmitir Autoridade

    Quando se transmite autoridade no mercado, o profissional passa a ser respeitado e seu trabalho reconhecido na área em que atua, com um bom posicionamento e imagem.

    Essa imagem também fará com que o empreendedor e sua empresa alcancem uma audiência maior, pois além de despertar o interesse do público em ouvir a mensagem que ambos querem transmitir, também fará com que se relacionem com mais facilidade.

    Conclusão

    O empreendedorismo digital oferece uma excelente oportunidade aos profissionais que desejam começar um negócio com um investimento financeiro baixo, mas que promete ter um rápido retorno. Quem deseja se tornar um excelente empreendedor digital deve estar sempre atento à realização de suas tarefas, manter o foco, estar em dia com a leitura, formar um bom networking, entre outras dicas importantes que, quando seguidas, podem auxiliar o empreendedor e tornar o seu negócio um verdadeiro sucesso.

  • in ,

    Comunicação Interna – 7 Dicas Fundamentais Para Melhorar a Motivação De Sua Equipe

    Por auxiliar na transmissão de informações que devem ser claras e objetivas, a comunicação interna é bastante importante e deve ser praticada por todas as empresas. Além disso, ela costuma ser a responsável por tornar os profissionais mais engajados, fazendo surgir uma motivação para atingir suas metas.

    Essa forma de comunicação é capaz de evitar que erros graves aconteçam e prejudiquem o trabalho da equipe, seja por falta de entendimento ou por não haver um objetivo para o assunto direcionado no processo comunicativo.

    Para que a organização consiga funcionar da melhor forma possível e os funcionários possam se comunicar facilmente com todos os demais membros da organização, listamos 7 dicas para que as empresas tornem sua comunicação interna mais eficaz.

    1- Deixar claro a missão e a visão da empresa: É essencial que os gestores separem um tempo para explicar à equipe os valores e a missão da empresa. Isso pode ser feito através de um treinamento corporativo ou apenas como um lembrete. A partir do momento em que os funcionários compreendem os objetivos da empresa, eles são capazes de se comunicar entre eles de forma mais eficaz no intuito de alcançar os mesmos.

    2- Tornar mais acessível as principais informações: As empresas são diferentes, portanto cada uma possui um conjunto próprio de regras e conhecimento interno que os funcionários precisam seguir e entender. Compreender as atividades da empresa pode levar algum tempo. Por isso, é necessário orientar os membros da equipe para que eles aprendam mais rápido sobre essas informações e saber como funciona a formação e criação dos documentos.

    3 – Criar um diálogo maior com os funcionários: A empresa deve manter sua equipe atualizada sobre as mudanças que vão acontecendo, a evolução e os planos para o futuro do negócio. Reuniões podem ser feitas para passar essas informações, ou através de um boletim informativo, e permitir que eles se envolvam nas discussões e possam dar suas opiniões, perguntando e mostrando suas ideias.

    4- Fortalecer o relacionamento: A comunicação e o relacionamento entre membros da equipe e gestores devem ser fortalecidos. O gestor deve tirar um tempo para conhecer seus funcionários e se disponibilizar para ouvi-los sempre que possível. Desta forma, será mais fácil manter a comunicação e a produtividade dos mesmos.

    5- Premiar a equipe: A premiação é um excelente estímulo para os funcionários baterem suas metas. Esta seria uma ótima forma de motivação, por ser um bônus estimulante e atrativo. A empresa pode fornecer viagens e passeios adequados às necessidades de cada membro da equipe.

     6- Proporcionar momentos descontraídos: É interessante que a empresa não envolva os funcionários somente em assuntos profissionais, mas também em momentos mais descontraídos onde possam interagir e falar sobre assuntos fora do trabalho. Podem ser organizados happy hours ou eventos de comemoração dos aniversariantes do mês.

     7- Eliminar ao máximo as conversas paralelas: Muitas vezes, quando não há uma boa comunicação, acabam surgindo atritos que se tornam sérios conflitos entre os colaboradores. Geralmente, quando algum funcionário diz alguma coisa e o outro entende de maneira diferente, ele irá transmitir apenas da forma como entendeu, mesmo se não estiver correto. Isso gera informações distorcidas, além de prejudicar muito o ambiente de trabalho.

    Conclusão:

    A comunicação interna possui uma grande importância para as organizações. Além de criar um vínculo maior entre os colaboradores e gestores, ela é capaz de evitar erros que possam prejudicar o desempenho da equipe.

    É essencial que as empresas transmitam separem um tempo para explicar aos seus funcionários a missão e os valores da organização, crie um diálogo com os mesmos de modo que sejam transmitidas as informações mais relevantes de forma correta, que sejam proporcionados momentos de descontração para que exista mais interação entre os membros da equipe, entre outras atividades que podem ajudar a fortalecer o relacionamento com os colaboradores e melhorar assim o desempenho de cada um.